Copy
View this email in your browser

NEWSLETTER VII 2021

  • Webinar “UMA VISÃO ESTRATÉGICA
     
    Plano Estratégico para a Cerâmica e Cristalaria 2030 (PECC2030)”


No passado dia 28 de julho, a APICER apresentou em plataforma web, o Plano Estratégico para a Cerâmica e Cristalaria 2030
 
Neste webinar  foi também a apresentado o novo  Gabinete de Projetos da APICER e assinado o protocolo de cooperação entre a APICER e a APAC PORTUGAL
O evento contou com a intervenção da Ministra da Coesão Territorial , Ana Abrunhosa,  que falou sobre a a arquitetura dos PO Regionais 2021-2027, e  de Paulo Lemos - Policy Officer in the European Commission - DG ENV que comentou a Economia Circular como factor de competitividade.
Depois das intervenções dos oradores, houve espaço de debate.

Webinar O Hidrogénio e as Indústrias de Cerâmica e da Cristalaria no caminho da Descarbonização


No passado dia 14 de julho, a APICER apresentou em plataforma web,  o projecto “O Hidrogénio e as Indústrias de Cerâmica e da Cristalaria no caminho da Descarbonização”
 
APICER e a SMARTENERGY responderam afirmativamente ao desafio europeu de descarbonização e de sustentabilidade ambiental, decorrente das estratégias GreenDeal e NextGeneration UE.  
Para responder a este desafio, as duas instituições, estão empenhadas no desenvolvimento de um projeto sectorial vocacionado à cerâmica e cristalaria, de produção de hidrogénio verde a partir de fontes de energia renováveis endógenas,  a ser consumido na forma de blend com gás natural, permitindo o processo de queima em fornos com o maior potencial técnico entre as soluções verdes disponíveis.

Exportações de Cerâmica cresceram 89,8% em maio de 2021 face ao período homólogo anterior


Em maio de 2021 as exportações portuguesas de produtos cerâmicos atingiram o valor de 71.155.661 euros, e registaram uma variação homóloga nominal de +89,8% relativamente ao mesmo período do ano anterior.
Note-se que esta variação homóloga, em maio, incide sobre um mês de 2020 em que o impacto da pandemia COVID-19 se fez sentir de forma bastante intensa.
 
Face a maio de 2019 (período pré-pandemia), verificaram-se variações de +11,0% para o conjunto de produtos cerâmicos, sendo de destacar o acréscimo das exportações de cerâmica de mesa e uso doméstico não porcelana e estatuetas e outros objetos de ornamentação, com variações de +46,8% e +41,8%, respetivamente.
 
De entre os principais produtos cerâmicos, os que apresentaram melhor desempenho em maio de 2021 em relação ao mês homólogo de 2020, foram a louça sanitária (+193,4%), estatuetas e outros objetos de ornamentação (+114,1%), cerâmica de mesa e uso doméstico não porcelana (+109,9%), cerâmica de mesa e uso doméstico em porcelana (+71,3%), pavimentos e revestimentos cerâmicos (+47,6%) e telhas cerâmicas (+34,2%).
 
Os principais mercados de destino em maio de 2021 foram a França, Espanha, Estados Unidos da América, Alemanha e Reino Unido, que representaram, em conjunto, 63,4% do valor das exportações de produtos cerâmicos neste período.
 
De acordo com a abrangência geográfica correspondente às NUTS-2013, a Região de Aveiro foi responsável por 44,2% do valor das nossas exportações de produtos cerâmicos em maio de 2021, seguindo-se a Região de Leiria (19,7%), Norte (11,5%), Oeste (10,8%) e Região de Coimbra (4,8%).
            NOVIDADE          

Agendas para a Inovação Empresarial


A Componente 5 – Capitalização e Inovação Empresarial, integrada na Dimensão Resiliência, visa aumentar a competitividade e a resiliência da economia com base em I&D, inovação, diversificação e especialização da estrutura produtiva.
 
Desta componente fazem parte as Agendas Mobilizadoras para a Inovação Empresarial e as Agendas Verdes para a Inovação Empresarial, as quais diferem apenas nos domínios de intervenção dos projetos a promover, pelo que foram operacionalizadas através de um processo comum.
 
Mais informação sobre as Agendas Mobilizadoras para a Inovação Empresarial aqui.

Nova plataforma SIR agiliza licenciamento industrial


O IAPMEI lançou há cerca de um mês a nova plataforma SIR - Sistema de Indústria Responsável, com o objetivo de simplificar e tornar mais célere o processo de licenciamento industrial, aproximando os serviços de administração dos operadores e apostando na sua diversificação, transparência da informação e na clareza dos procedimentos e das decisões.
 
Com 367 entidades da Administração Publica ativas e 4310 utilizadores, na nova plataforma foram já submetidos 362 pedidos/comunicações e 210 Comunicações Prévias de Instalação, com a emissão automática de Titulo (de Exploração) habilitante ao exercício da atividade industrial.
 
Através da migração de dados da antiga plataforma, foram até agora criados 13 245 estabelecimentos industriais.
 
Em simultâneo ao lançamento da nova plataforma, o IAPMEI disponibilizou um conjunto de recursos de apoio ao utilizador, como
vídeos e guias, bem como uma área de perguntas frequentes dedicados à plataforma SIR, estando também disponíveis outros materiais na Academia de PME Digital, numa abordagem mais genérica à atividade industrial em Portugal.
Veja mais
aqui

4.º edição Telha Talks


 A 4ª TELHA TALKS, de decorreu no passado dia 21 de Julho, teve a ilustre presença da Adriana Floret, CEO do atelier Floret Arq. .

Pode ver ou rever no site. 
https://nossatelha.pt
            NOTÍCIA           

Revista N.º 370 já está online!


O impacto do consumo humano de materiais e energia exercido sobre o ambiente tem vindo a ganhar maior relevância nas últimas décadas, sendo a poluição uma emergência a ser resolvida, visto que a geração de resíduos é um de seus principais factores.

A gestão e a redução destes, devem ser objeto de reflexão nos diversos sectores da sociedade, inclusivamente na construção.

Hoje em dia não basta que os edifícios em que vivemos e trabalhamos sejam espaçosos, bonitos e confortáveis. Com a mudança climática, a redução dos recursos naturais e a necessidade de apostar em fontes de energia renováveis, a pressão para que o setor da construção aposte em técnicas e métodos mais responsáveis é uma realidade.

É aqui que surge o conceito de Construção Sustentável. E este conceito também está intimamente relacionado com o conceito da Economia Circular. Um conceito amplo e transversal que parte de uma visão sistémica dos processos produtivos, na qual se evita o uso excessivo dos recursos ao reintegrar os produtos em final de vida num novo ciclo produtivo, usando fontes de energia renováveis e encarando os resíduos como potencial matéria-prima.

Estes dois conceitos e a interligação dos mesmos são o tema desta edição da Kéramica.


Aceda à revista
aqui

Revista TÉCNICA #9 está disponível!

 
Na 9ª edição da Revista Técnica, o CTCV com a colaboração dos seus parceiros, apresenta alguns desenvolvimentos tecnológicos e pistas que visam a inovação de produtos, nomeadamente novos sistemas de instalação de pavimento e revestimento reversíveis e ambientalmente sustentáveis, a transformação digital e ecológica da indústria cerâmica.

Aceda à revista aqui
NOTÍCIAS DO SETOR
Está a receber esta informação porque recebemos o seu consentimento, ao abrigo do novo RGPD.
Politica de Privacidade e Segurança da Apicer aqui
APICER
Rua Coronel Veiga Simão, Edificio C
3025-307 Coimbra
T.+351239497600
F.+351239497601
www.apicer.pt
info@apicer.pt
GPS. 40º 13' 47'' N - 8º 26'' 28'' W
 






This email was sent to <<Email Address>>
why did I get this?    unsubscribe from this list    update subscription preferences
APICER - Associação Portuguesa das Indústrias de Cerâmica e de Cristalaria · Rua Coronel Veiga Simão · Edificio C · Coimbra 3025-307 · Portugal

Email Marketing Powered by Mailchimp