Copy
Esta é uma ótima opção para quem quer se atualizar sobre a China.

Edição Mensal 35 - Abril de 2014
Veja este arquivo no seu browser
China Link no Facebook
Canal da China Link
China Link no LinkedIn
China Link no Google+
Fale conosco
Website da China Link
Share
Share
+1
Tweet
Forward to Friend
Dilma receberá presidentes da China e do quarteto Celac. 
  LEIA MAIS

Vantagens e desvantagens de terceirizar a mão-de-obra para a indústria chinesa. 
LEIA MAIS

China pede à Malásia informações e provas de queda de avião. 
LEIA MAIS

Diferenças e similaridades culturais entre o modo brasileiro e a forma chinesa de se fazer negócios



Em um mundo globalizado e cada vez mais interconectado, é preciso deixar de lado as diferenças culturais para que laços econômicos sejam traçados entre diferentes países. É possível dizer que as diferenças culturais entre Brasil e China são enormes, tornando indispensável o conhecimento destas duas culturas para ser bem sucedido nos negócios e empreendimentos, visto que, atualmente, a China é classificada como o maior país emergente do Oriente (e do mundo) e o Brasil como maior país emergente do Ocidente, compondo a sigla BRICs.

O local de trabalho e comunicação são influenciados por valores e padrões culturais que variam de país para país. O que pode ser confuso, ou até mesmo ofensivo em determinado país, pode ser considerado aceitável e natural em outro. O Brasil, por exemplo, é conhecido por seu peculiar “jeitinho brasileiro”, que pode ter uma conotação negativa de informalidade ou corrupção ou positiva, de descontração e criatividade na solução de problemas. Para os brasileiros, fazer negócios é visto como um tipo de interação social, como uma “socialização necessária”, ou seja, ir direto ao ponto é considerado algo ofensivo. Conheça outras características:

Os brasileiros possuem formas definidas de se dirigir uns aos outros em relação ao status social/idade, ranking e posição. Precisam saber com quem estão lidando para trabalhar de forma eficaz. Preferem reuniões a comunicação escrita, mas dão valor a contratos legais detalhados quando se trata de fechar negócios. Brasileiros dão mais importância ao indivíduo que lidam do que à empresa. Envergonhar um brasileiro deve ser evitado, pois esta é uma cultura de grupo. Homens cumprimentam-se com apertos de mão e contato visual firme, o mesmo também pode ser feito em saudações intergêneros; É esperado gastar tempo na negociação com brasileiros. Normalmente, a pessoa de mais alto nível hierárquico que toma as decisões. Durante as apresentações em uma reunião, cartão de visitas são trocados com todos.
 

Em relação à China, sua rica herança cultural não deve ser esquecida quando se discutem as interações culturais deste país, visto que possui mais de 5000 anos de história e é considerada a única civilização antiga contínua. Um ponto chave para o sucesso dos investidores na China consiste em compreender a história, a humanidade e a cultura do país. Para se ter sucesso na China, é preciso prestar atenção em alguns aspectos importantes, tais como:

O respeito pelos superiores hierárquicos, dever para com a família, lealdade com os amigos e cortesia são parte do sistema ético da China. Ao apresentar seu cartão de visita, segure-o com as duas mãos, sempre se assegurando de que ele está de frente para o destinatário. O respeito e status aumentam com a idade. O aperto de mão, especialmente de forma leve, é uma saudação aceitável. Saudações são formais e deve-se cumprimentar a pessoa mais velha primeiro. Como sinal de respeito, muitos chineses vão olhar para o chão ao cumprimentar alguém; Nunca insultar ou criticar abertamente alguém na frente dos outros, pois “manter a face” é algo muito importante para os chineses. Para a cultura chinesa, as relações desenvolvidas com uma pessoa representam a relação com a sua empresa como um todo. Ao invés de indivíduos, os estrangeiros são vistos mais como representantes de suas empresas.
 

Um detalhe importante é que para a sociedade chinesa o coletivismo prevalece, ou seja, o grupo prevalece sobre o indivíduo, estando este disposto a submeter os próprios sentimentos em nome do bem do grupo. A sociedade brasileira, por sua vez, é mais focada no indivíduo. Sobre a linguagem corporal, na China o contato visual direto é visto como sinal de desrespeito, no Brasil é visto como um sinal de honestidade. As saudações como abraços e tapinhas às costas não são aceitáveis para os Chineses.

Dessa forma, o guanxi e o jeitinho são aspectos relevantes da cultura chinesa e brasileira, sendo essencial aprender sobre este tipo de relacionamento, e também ser capaz de lidar com ele para se ter sucesso nos negócios entre estes dois países. Ao fazer negócios no exterior, a compreensão intercultural é uma ferramenta fundamental, sendo possível contratar empresas que realizam a intermediação das relações entre o contratado e o contratante. A China Link pode auxiliar sua empresa a evitar gafes e constrangimentos, além de melhorar os processos comerciais no Reino do Dragão e auxiliar sua empresa ou mercadoria a ser inserida neste mercado em constante ascensão, procure saber mais em nosso site. 

China pede que empresas comecem a relatar emissão de gases.
Aprendizagem da língua chinesa em conjunto com o "soft power". 
LEIA MAIS
Presidente chinês conclui na Bélgica primeiro giro pela Europa. 
LEIA MAIS
48 horas em Tianjin.
 LEIA MAIS

A “economia socialista de mercado” e o modelo chinês de desenvolvimento. 
LEIA MAIS

Terremoto de magnitude 5.3 deixa feridos e causa danos na China. 
LEIA MAIS

China exige explicação dos EUA sobre espionagem na Huawei.
LEIA MAIS

Como ocorre o controle cambial das operações de Comércio Exterior no Brasil. 
LEIA MAIS
Novas regras para entrada de turistas na China .
 LEIA MAIS
China registra superávit comercial em março. 
LEIA MAIS
China Link no Facebook
China Link no Twitter
China Link no LinkedIn
Fale com a direção
Website da China Link
As seis cachoeiras mais belas da China. 
LEIA MAIS
Japão construirá base militar em ilha remota para vigiar China.
LEIA MAIS
A valorização do dólar e        sua influência nas      compras internacionais.
SAIBA MAIS
BB vai abrir sua primeira agência na China em 2014. 
LEIA MAIS
Guangzhou, cidade de contrastes. 
LEIA MAIS
Michelle Obama defende liberdade de expressão na China. 
SAIBA MAIS
China Link no Facebook
China Link no Twitter
China Link no LinkedIn
Fale com a direção
Website da China Link
E descubra como melhorar ou iniciar negócios com a Ásia
 
Nossos serviços:

Por que a China Link?
. Experiência de 5 anos na Ásia
. Mais de 30 funcionários no mundo
. Negócios com mais de 10 países
. Grande portfólio de projetos para grandes marcas

Fale conosco:
Share
Share
+1
Tweet
Forward to Friend
Copyright © 2014 China Link Trading, All rights reserved.
unsubscribe from this list    update subscription preferences 

Email Marketing Powered by Mailchimp